HISTÓRIA DA IMIGRAÇÃO ITALIANA EM ANDRADAS

O Circolo Italiano di Andradas lançou, em 21 de fevereiro de 2019, Dia Nacional do Imigrante Italiano no Brasil, o projeto História da Imigração Italiana em Andradas-MG, financiado pelo Fundo Estadual de Cultura de Minas Gerais (FEC) através da Secretaria de Cultura de Minas Gerais(SEC) e do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG).

O projeto foi escrito pelo historiador Bruno Pastre em 2016, para concorrer às verbas destinadas ao fomento e incentivo à cultura, por meio do edital lançado pelo Fundo Estadual de Cultura naquele ano, época em que ainda residia em Andradas e atuava como colaborador do Circolo Italiano. Posteriormente, o projeto foi desenvolvido pelo historiador Carlos Eduardo Rovaron que, em função de a princípio não contar com uma equipe técnica auxiliar – não prevista no projeto inicial – contou com a preciosa ajuda de Luiz Carlos Muterle, então presidente do Circolo e com a ajuda de Benedito Eduardo Casarotto, então vice-presidente, atual presidente da instituição.

Os trabalhos iniciaram-se somente em fevereiro de 2018, por inúmeras contingências, dentre as quais a dificuldade de encontrar pesquisadores com a titularidade exigida. O projeto sofreu algumas readequações ao longo de seu percurso, acabando por incluir um Publicitário, especialista na edição de imagens, áudios e vídeos, Otávio Augusto Batista, além do webdesigner para construir o site previsto no projeto original, Diuliano da Silva Oliveira.

Um Pouco da Pesquisa e dos Resultados:

Iniciamos a pesquisa coletando a tradição oral dos descendentes das famílias de imigrantes italianos de Andradas, na forma de gravação de áudios e vídeos. Os entrevistados revelaram-se guardiões não só da memória coletiva de seus ancestrais, como de uma preciosa documentação sobre história da imigração italiana no município. Os áudios, vídeos e documentos digitalizados, estão disponíveis gratuitamente ao público, graças a este site. O “acervo digital” inclui imagens de documentos originais do chamado período da grande imigração, entre 1880’ e 1920’. Sem negar imigrações anteriores e posteriores, especialistas apontam este período como o de maior atividade das políticas imigratórias desenvolvida no Brasil.

Entre os resultados há uma monografia que discute, dentre outras coisas, as forças políticas e econômicas que estiveram por trás do fluxo de imigrantes italianos que vieram parar em Andradas.

Por fim, não podemos esquecer que cada um que contribuiu com a pesquisa e com este site é coautor do trabalho como um todo. Ele foi feito para a comunidade andradense e pertence a ela.

  • Monografia produzida pelo historiador Carlos E. Rovaron – ENSAIO HISTÓRICO E LITERÁRIO:

Para o dia do lançamento deste site, foi produzido também materiais gráficos, seguindo as diretrizes passadas pela Secretária de Cultura do Estado de Minas Gerais.

Então, o dia 21 de Fevereiro de 2019, foi realizado o evento de lançamento deste site, fruto do projeto de pesquisa aqui descrito. Houve a presença de vários convidados, entre eles autoridades, membros do Circollo Italiano di Andradas, amigos e imprensa.

Doutor Dário Savarese, Consul da Itália em Belo Horizonte e Silvia Alciati membro do Conselho Geral dos Italianos no Exterior e que representa o Brasil junto ao Ministério, nos parabenizaram pelo lançamento do site em fevereiro de 2019

Muitos contribuíram com este projeto, mas durante o percurso, os senhores Antônio Giaretta, Gocca Risso e Modesto Stella faleceram. Suas memórias foram arquivadas em áudios e vídeos, para que suas histórias fossem passadas para outras pessoas. O vídeo a seguir é uma homenagem do Circolo para estes três ícones andradenses.